Postado em 07 de Outubro às 09h30

Grupo Servioeste abre novos segmentos e expande mercado

Negócios (13)

Empresa passa a gerenciar resíduos urbanos e industriais em todo o Brasil

Em agosto de 1999, o empresário catarinense Doacyr Balbinot já avistava um nicho de mercado inovador que crescia com a onda da sustentabilidade. As empresas precisavam ir além da geração de negócios e oferecerem algo a mais para a sociedade. Para Balbinot, esse plus consistia em garantir um meio ambiente mais saudável. Surgia aí a Servioeste, empresa pioneira especializada na coleta, transporte, tratamento e destinação final de resíduos de saúde, segmento que levou o empreendimento da família a se tornar um Grupo com 10 filiais em sete estados do Sul e Sudeste do País, com mais de 400 colaboradores.

Duas décadas depois e com mercado em plena ascensão, o Grupo volta a apostar na inovação ao abrir novos segmentos e expandir a área de atuação no País. Além dos serviços de saúde, a empresa passa agora a gerenciar resíduos urbanos e industriais em todo território brasileiro.

Os resíduos urbanos compreendem resíduos domiciliares e provenientes da limpeza pública. Atualmente, no Brasil, são geradas 214.868 toneladas por dia de resíduos urbanos, 78,4 milhões de toneladas por ano. Deste total, 9% ou 6,9 milhões de toneladas de resíduos não foram coletados e, consequentemente, tiveram destino impróprio no País. Este número expressivo será reduzido com o trabalho da Servioeste de coleta, transporte e destinação final adequados.

Já os resíduos industriais são classificados como perigosos, provenientes de processos produtivos industriais. São aqueles que, em razão de suas características de inflamabilidade, corrosividade, reatividade, toxicidade, patogenicidade, carcinogenicidade, apresentam significativo risco à saúde pública ou à qualidade ambiental, de acordo com lei, regulamento ou norma técnica.

São exemplos: óleo lubrificante usado ou contaminado; óleo de corte e usinagem usado; equipamentos descartados contaminados com óleo; lodos gerados no tratamento de efluentes líquidos e pintura industrial; baterias à base de chumbo e lâmpadas fluorescentes. Todos esses resíduos precisam ser coletados, transportados, tratados e destinados ao aterro industrial para não prejudicarem o meio ambiente.

Mercado

O mercado brasileiro para a indústria de proteção ambiental em resíduos industriais tem crescido mais de 20% nos últimos anos no Brasil e atingiu a cifra de R$ 16,3 bilhões em negócios no País, de acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (Abetre). Já o setor de limpeza urbana, emprega 336.804 pessoas e movimenta R$28,47 milhões por ano no País.

A aposta nos dois novos segmentos não representa apenas abertura de mercado para a empresa, mas um volume maior de resíduos tratados de forma correta no País e menos contaminação do planeta.

“Hoje, não fazemos só negócios. Todos os dias o nosso trabalho evita a poluição do meio ambiente e a contaminação da saúde pública de um país inteiro. São milhares de toneladas de resíduos de saúde que deixam de agredir o meio ambiente e recebem tratamento e destinação adequados. Agora, esse número será muito maior com resíduos urbanos e industriais. É uma aposta necessária”, destaca o presidente do Grupo Servioeste, Doacyr Balbinot.

Grupo Servioeste

Além da coleta, transporte, tratamento e destinação final dos resíduos de saúde, industriais e urbanos, o Grupo Servioeste também gerencia centrais de portos e aeroportos, elabora Planos de Gerenciamento de Resíduos, oferece treinamentos e assessoria em licenciamento e projetos ambientas, além de comercializar produtos para o acondicionamento dos resíduos. A empresa também coleta, transporta, trata e destina resíduos de cemitérios e oferece o serviço de destruição segura de documentos.

A Servioeste é a única empresa no Brasil que possui coleta informatizada com controle online permanente e acompanhamento em tempo real, na qual são lançados os tipos e a quantidade dos resíduos coletados, garantindo a segurança dos clientes. Também possui frota certificada e licenciada pelos órgãos fiscalizadores de acordo com as Normas Técnicas da ABNT e INMETRO, além de monitoramento e rastreamento 24 horas via satélite, bem como seguro ambiental.

Veja também

“O empreendedor precisa ser polivalente”02/10 O olhar apurado para os negócios e a firmeza na gestão são características que o presidente do Grupo Servioeste leva para a vida. Doacyr Balbinot é filho de agricultores, foi mecânico e venceu os desafios do mundo dos negócios com muito planejamento. À frente da Servioeste, há 20 anos, ele multiplicou oportunidades, viu os empreendimentos decolarem e......
Grupo Servioeste realiza visita a Universidades17/11/17 No último mês, o diretor geral do Grupo Servioeste, Doacyr Balbinot, e o diretor comercial Deivid de Oliveira, fizeram uma visita à Reitoria da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Na ocasião, foram tratados assuntos......
Servioeste recebe Prêmio Destaque Empresarial do Sul17/01/18Honraria é promovida pela Revista Destaque Brasil com apoio da Câmara Brasil-China-Mercosul. O Grupo Servioeste – empresa especializada em coleta, transporte, tratamento e destinação final de resíduos de serviços de saúde – recebe o Troféu Destaque Empresarial do Sul 2018. O Prêmio......

Voltar para Blog