Postado em 05 de Junho às 18h48

Seminário e Feira debatem sustentabilidade em Chapecó

Sustentabilidade (26)

Servioeste participa dos eventos que promovem palestras e painéis sobre o desenvolvimento sustentável no Oeste de Santa Catarina

O Grupo Servioeste Soluções Ambientais está participando nesta semana, 5 e 6, do II Seminário Internacional de Sustentabilidade: Gestão e Educação Ambiental, no Centro de Eventos, em Chapecó. Além do Seminário, está acontecendo também a 1ª Feira de Sustentabilidade, organizada pelo Fórum de Resíduos Sólidos, Polícia Militar Ambiental, Unoesc Chapecó e FAPESC (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina). 

Os eventos trazem painéis de negócios, apresentação de trabalhos e palestras para discutir as limitações e avanços da gestão de resíduos sólidos no Brasil, conhecer alternativas viáveis para a gestão dos recursos hídricos, refletir sobre os impactos socioambientais dos empreendimentos na região e apresentar experiências e cases de sucesso na área de sustentabilidade no Oeste de Santa Catarina. São 28 empresas participantes, 30 entidades, quatro universidades e 40 trabalhos acadêmicos apresentados.

Além de expositora da Feira e participante do Seminário, a Servioeste também está coletando medicamentos vencidos no evento, um dos serviços prestados pela empresa no projeto de logística reversa.

De acordo com a bióloga Manuela dos Passos, uma das organizadoras do Seminário, representando a Unoesc e o Fórum de Resíduos Sólidos de Chapecó, o evento busca disseminar conhecimento e incentivar boas práticas de preservação e desenvolvimento sustentável.

“A ideia é ter um momento para sentar, debater ideias, permitir que entidades, estudantes e empresas troquem experiências. Também temos a palestra internacional (quinta) com a professora da Universidade de Porto, em Portugal, que vai trazer experiências de lá que podem ser aplicados na nossa região. É um evento muito positivo no sentido de dar acesso às pessoas ao assunto e mostrar como eles podem contribuir com a preservação do planeta, com a sustentabilidade do lugar onde vivem”.

Servioeste dá exemplo

Para a engenheira ambiental da Servioeste, Caroline Beutler, o evento oportuniza à empresa mostrar o trabalho de sustentabilidade praticado dentro e fora da empresa. O Grupo é especializado na coleta, transporte, tratamento e destinação final dos resíduos de saúde no Sul e Sudeste do País e promove ações para conscientizar os geradores e a sociedade a destinarem corretamente os resíduos do setor.

“É importante para fazermos o nosso papel como empresa, darmos o nosso exemplo para as outras empresas e às pessoas de forma geral perceberem que a gente não está só fazendo nosso trabalho fim lá dentro. A gente tem um papel social e ambiental muito importante que precisa deste envolvimento com a sociedade e as questões ambientais”. 

A participação nas feiras e eventos voltados às boas práticas de sustentabilidade, segundo Beutler, mostram o crescimento do setor no País, mas também revelam a necessidade de ampliar a educação ambiental, especialmente quando o assunto é resíduos de saúde. Muitas pessoas ainda desconhecem que os medicamentos vencidos, por exemplo, não devem ser jogados no lixo comum.

“São resíduos perigosos, que apresentam algum risco de contaminação e que podem causar algum prejuízo ao meio ambiente e à sociedade como um todo. Dar um tratamento e destinação final a esses resíduos e fazer este trabalho de conscientização para o descarte correto, primeiro com nossos geradores, segundo com a população em geral, traz um benefício para o meio ambiente muito grande, porque esses resíduos não vão acabar na beira de um rio, num aterro sanitário qualquer ou na mata ciliar para contaminar o ecossistema. Eles vão receber tratamento adequado e eliminar a periculosidade que apresentam”, destaca a engenheira ambiental.

Além do Seminário e da Feira de Sustentabilidade em Chapecó, a Servioeste participa nesta sexta, 7, de outra feira voltada ao meio ambiente na cidade vizinha São Carlos. O evento é promovido pelo Consórcio Iberê e pela Prefeitura do município e a Servioeste é uma das expositoras e também coletará medicamentos vencidos na feira. O mesmo acontece em ação na Praça Central de Xaxim, no sábado, 8, organizado pela Unoesc.

“Essas ações, feiras, momentos, especialmente nesta semana que é a Semana Mundial do Meio Ambiente, são fundamentais e ajudam a disseminar conhecimento”, ressalta Beutler.

Primeiro dia

O primeiro dia do Seminário Internacional de Sustentabilidade contou com painel de negócios que apresentou experiências e cases de sucesso na área de sustentabilidade no Oeste de Santa Catarina.

A Prefeitura de Chapecó apresentou o projeto Lixo Zero, cuja meta é buscar a certificação de Cidade Lixo Zero até 2030; o Consórcio Iberê criado em 1998 em sete municípios da região mostrou a força do projeto Mata Ciliar desenvolvido em 2006 e que contempla 424 famílias de agricultores e que já preservou 282 hectares de áreas de preservação permanentes; a Ecopef, entidade de compensação ambiental criada em 2006 pela Usina Hidrelétrica de Itá, apresentou o projeto do Parque Fritz Plaumann de Concórdia, de 741 hectares que dispõe de área ecológica para visitação, ecoturismo, pesquisas científicas, com 232 espécies de aves, 113 de mamíferos e 34 de répteis e anfíbios.

Além destes, o Instituo Lixo Zero e a Escola Agropecuária Demétrio Baldissarelli, do Distrito de Marechal Bormann, em Chapecó, também mostraram seus trabalhos de preservação ambiental. Outro projeto apresentado foi o Parque Aldeia Condá, desenvolvido pelo arquiteto da Uceff, Marc Gomes de Carvalho, que projeta a construção de um parque verde e de lazer no entorno da Arena Condá e do Centro de Eventos em Chapecó. O projeto contempla jardim botânico, estacionamento subterrâneo, novo ginásio de esportes, praças de lazer e de alimentação, biblioteca e salas de jogos, túnel de integração e 3km de ciclovias.

Os participantes do Seminário também participaram de um debate sobre Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), lançados em 2015 pela Agenda 2030 da ONU (Organização das Nações Unidas) e acompanham a exposição de trabalhos acadêmicos na área ambiental durante a Feira. 

  • Servioeste - Soluções Ambientais para Resíduos de Saúde -
  • Servioeste - Soluções Ambientais para Resíduos de Saúde -
  • Servioeste - Soluções Ambientais para Resíduos de Saúde -
  • Servioeste - Soluções Ambientais para Resíduos de Saúde -
  • Servioeste - Soluções Ambientais para Resíduos de Saúde -

Veja também

Servioeste recebe Selo de Signatária Movimento Nacional ODS28/03 A engenheira ambiental do Grupo Servioeste, Caroline Beutler, está em Florianópolis/SC participando da Capacitação dos Comitês e Assembléia Geral do Movimento Nacional ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável). Na ocasião, a Servioeste recebeu o Selo de Signatária Movimento Nacional ODS, com 5 estrelas no quesito realização de......

Voltar para Blog