Página inicial / Blog / Resíduos de Veterinárias
29 de abril, 2022 / 12h05 Por Redação

Resíduos de Veterinárias

Resíduos gerados dependem dos serviços oferecidos nas clínicas e hospitais

Resíduos de Veterinárias

petlovers

Muitos Pet Lovers nem imaginam os bastidores das clínicas veterinárias que cuidam da saúde dos seus bichinhos. São detalhes importantes de gestão de resíduos que ajudam a proteger os pets e o meio ambiente também. 

A médica veterinária Maria Fernanda Amaral realiza atendimentos há 15 anos e explica que os resíduos gerados dependem dos serviços oferecidos pelas clínicas e hospitais.

“Nas consultas cotidianas, são gerados resíduos como cotonetes, gazes, algodão contaminado provenientes de curativos e exames clínicos, seringas com agulhas, frascos de vacinas e medicamentos. Por conterem secreções, devem ser descartados na lixeira de resíduos contaminados ou em caixa para perfurocortantes. Em hospitais ou clínicas onde ocorrem atendimentos mais complexos e que realizam procedimentos cirúrgicos, são gerados resíduos como tubos de coleta de sangue, bolsas de sangue, seringas, agulhas, bisturis, órgãos, tecidos e fluidos orgânicos.

Qual a importância do descarte correto nas lixeiras específicas?

"Todos estes materiais que citei precisam ser descartados corretamente para evitar acidentes durante o manejo dos resíduos e devem passar por tratamento adequado para não contaminar o meio ambiente.

É importante lembrar que a Vigilância Sanitária estabelece várias exigências para abrir e manter uma clínica veterinária. Há regras específicas que precisamos seguir, então, o primeiro passo é contratar empresa especializada para elaborar um Plano de Gerenciamento de Resíduos. A partir daí, temos que manter os cuidados para descartar nas lixeiras corretas".

Quando os médicos veterinários precisam amputar algum membro do pet ou quando algum animalzinho morre na clínica, qual o procedimento para o descarte?

"O correto é descartar em saco vermelho identificados pois são resíduos classificados pela Anvisa como infectantes e com alto grau de periculosidade ao meio ambiente e à saúde humana. Os resíduos podem ficar no local de geração até no máximo 24 horas. Para ficar por mais tempo, devemos armazenar o resíduo em uma câmara fria ou freezer".

Lucas Barbosa, Engenheiro Ambiental e Sanitarista da Servioeste, reforça que se houver suspeita ou certeza de contaminação por príons, membros, carcaças ou vísceras de animais devem ser acondicionados em dois sacos plásticos de cor vermelha. Na empresa de coleta os resíduos ficam em câmara fria até a incineração.

Você sabe o que é infecção por príons?

E quando seu animalzinho morrer? Saiba o que fazer. Leia em nosso blog

Aqui na Servioeste realizamos o tratamento correto dos resíduos veterinários, eliminando os agentes químicos ou biológicos que podem causar danos à saúde e ao meio ambiente. E ainda oferecemos produtos adequados para o acondicionamento desses materiais, além dos serviços de coleta, transporte, tratamento e destinação final dos resíduos de saúde.

Elaboramos orçamento personalizado pra atender às suas necessidades.

Entre em contato pelo nosso Whats App.


Envio

Nossos Produtos

Bombona para acondicionamento de resíduos

Tamanhos: 50, 200 litros

R$ 138,00

Bombona para resíduos líquidos

Tamanhos: 20, 50 litros

R$ 45,00

Coletor para perfurocortantes amarelo

Tamanhos: 3, 7, 13, 20 litros

R$ 82,00

Coletor para Perfurocortantes para químicos

Tamanhos: 7, 13 litros

R$ 15,50