Postado em 26 de Setembro às 11h04

Servioeste capacita servidores de saúde em Chapecó

Saúde (25)Sustentabilidade (26)

Treinamento pauta destinação correta de resíduos no setor

Como deve ser feita a segregação dos resíduos gerados nas unidades de saúde? Depois de separados corretamente, de que forma devem ser acondicionados para não comprometer e para facilitar o trabalho de coleta, tratamento e destinação final dos materiais recolhidos? Estes são os temas abordados no treinamento da Servioeste concedido a 60 servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Chapecó nesta quinta-feira, 26, no auditório da pasta.

De acordo com a enfermeira, coordenadora de Estratégias de Saúde da Família do município, Micheli Bordignon, a oficina busca capacitar os servidores das 26 unidades de saúde de Chapecó para respeitar as questões de sustentabilidade e reduzir os riscos biológicos da produção de resíduos, por meio da destinação correta.

Participaram profissionais de saúde de várias categorias, como agentes comunitários de saúde, auxiliares de enfermagem, enfermeiros, coordenadores e auxiliares de consultórios dentários.

“Nós já estamos há um tempo trabalhando a questão da destinação correta de resíduos, que vem ao encontro do programa Lixo Zero lançado pela Prefeitura no ano. Temos uma parceria há bastante tempo com a Servioeste e a capacitação de hoje é para que os profissionais saibam fazer a destinação dos resíduos da melhor forma. A gente não tem como evitar a produção de resíduos, mas temos como separar e destinar de forma correta”.

Para o gerente comercial, Gutemberg Vieira, a capacitação é importante, já que a segregação é hoje o maior gargalo na coleta e tratamento dos resíduos.

“Hoje é a maior dificuldade do setor. A segregação é a base da coleta correta e do tratamento e destinação adequados. A capacitação é uma prática que a Servioeste mantém com os clientes, com treinamento de segregação para termos uma possibilidade melhor de coletas e para que os resíduos estejam realmente separados de forma correta. Os treinamentos devem ser constantes, porque sempre há mudanças nas equipes de trabalho e precisamos sempre reavaliar o conhecimento do processo”.

A engenheira ambiental da Servioeste, Caroline Beutler, que comandou o treinamento, destaca que a responsabilidade da destinação correta dos resíduos é de todos os profissionais de saúde.

“Todos geram resíduos em seus processos de trabalho e têm a responsabilidade de evitar que esses resíduos causem impacto ambiental e de saúde pública. Por isso o treinamento é tão importante”.

Grupo Servioeste

Além da coleta, transporte, tratamento e destinação final dos resíduos de saúde, o Grupo Servioeste também gerencia centrais de portos e aeroportos, elabora Planos de Gerenciamento de Resíduos, oferece treinamentos e assessoria em licenciamento e projetos ambientas, além de comercializar produtos para o acondicionamento dos resíduos. A empresa também coleta, transporta, trata e destina resíduos de cemitérios e oferece o serviço de destruição segura de documentos.

A Servioeste é a única empresa no Brasil que possui coleta informatizada com controle online permanente e acompanhamento em tempo real, na qual são lançados os tipos e a quantidade dos resíduos coletados, garantindo a segurança dos clientes. Também possui frota certificada e licenciada pelos órgãos fiscalizadores de acordo com as Normas Técnicas da ABNT e INMETRO, além de monitoramento e rastreamento 24 horas via satélite, bem como seguro ambiental.

Veja também

Servioeste é convidada a palestrar sobre RSS na semana de enfermagem da FEVRE/FAETEC24/05 Com expertise no tema, nesta quinta-feira (23/05), o Grupo Servioeste foi convidado a participar da Semana de Enfermagem realizada pela Fundação Educacional de Volta Redonda (FEVRE) e pela Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro (FAETEC) para falar sobre a Gestão dos Resíduos dos Serviços de Saúde (RSS). A atividade......
Como estúdios de tatuagem devem gerenciar seus resíduos12/04/18Empreendimentos também são geradores de resíduos de serviços de saúde. A manipulação dos resíduos perfurocortantes com agentes biológicos pode causar acidentes, levando à contaminação da população, caso os Resíduos de Serviços de Saúde (RSS)......

Voltar para Blog