Postado em 05 de Maio de 2017 às 10h55

Todos contra o aquecimento global

Meio Ambiente (64)Sustentabilidade (26)

Foto: Associated Press | Daily Mail

Comentamos em outro post a preocupação com o aquecimento global. Tanto a NASA quanto a ONU confirmaram que 2016 foi o ano mais quente globalmente já registrado na história. 

Preocupados com as consequências alarmantes das mudanças climáticas, dezenas de milhares de norte-americanos marcharam no dia 29 de abril – data que marcava os 100 dias de governo do presidente Donald Trump –, em Washington, do Capitólio (Congresso) até a Casa Branca para exaltar a importância da luta contra o aquecimento global e denunciar os retrocessos demonstrados pelo republicano neste tema.

Foto: France Press | Correio Popular

A “Marcha pelo Clima”, como foi chamada, ajudou a pressionar estados a aplicarem políticas públicas que possam amenizar os avanços do aquecimento global.
No início de maio, Atlanta, capital da Geórgia (EUA), pactuou a fazer a transição para gerar 100% de energia limpa e renovável até 2035. Esta já é a 27ª cidade do país a firmar o compromisso. 

A medida foi aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal de Atlanta. A partir de agora, a gestão precisa elaborar seu plano de ação que norteará a meta a ser alcançada. O Escritório de Sustentabilidade da cidade deve entregar o documento até janeiro de 2018.

“Poucos dias depois de centenas de milhares de pessoas terem marchado pela ação climática em todo o mundo, os líderes municipais aqui em Atlanta estão respondendo à chamada. Cidades como Atlanta devem liderar o caminho para enfrentar a ameaça das mudanças climáticas e acelerar a transição para 100% de energia limpa. Este compromisso vai inspirar a liderança audaciosa e ambiciosa de cidades em todo os Estados Unidos e pavimentar o caminho para uma Atlanta mais saudável e mais forte”, declarou Ted Terry, diretor do Sierra Club, na Geórgia, uma das maiores organizações ambientais do país. Segundo Terry, este é somente o ponto de partida e, à medida que os primeiros objetivos forem alcançados, “devemos garantir que os mais ameaçados por combustíveis sujos estejam em primeiro lugar na linha para ver os benefícios que vêm com essa transição”.

Foto: France Press | Correio Popular

Fonte: CicloVivo

Veja também

Grupo Servioeste promove Semana do Meio Ambiente05/06/17 Com o tema “Como aplicar a sustentabilidade na minha vida?”, empresa proporciona uma semana de palestras e workshops com informações valiosas aos seus colaboradores. Para marcar o Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no dia 5 de junho, a unidade de Chapecó-SC da Servioeste elaborou uma programação especial para seus colaboradores, que irá durar a semana......
Não há Planeta para tanto lixo16/11/16 A percepção do consumo atrai as pessoas, induzindo-as, por exemplo, a trocar uma casa bem montada por um automóvel, uma despensa forrada de alimentos por um aparelho eletrônico. Daí que, segundo o Relatório 2010 da......

Voltar para Blog