Postado em 19 de Abril de 2017 às 08h16

2016 bateu recordes de temperatura global

Meio Ambiente (82)

Estudos apenas confirmaram aquilo que todos nós sentimos na pele: 2016 foi o ano mais quente globalmente já registrado na história. A afirmação foi feita pelo NOOA (uma organização que faz parte do Departamento de Comércio dos Estados Unidos) junto da Agência Espacial Norte-Americana (NASA), e confirmada pela Organização das Nações Unidas (ONU).

No fim de março, a ONU confirmou que 2016 bateu todos os recordes de temperatura já registrados pelo estudo em anos anteriores. Este é o terceiro ano consecutivo que o recorde é quebrado e, de acordo com os cientistas, a tendência é que 2017 siga os mesmos passos, registrando uma nova marca inédita.

Os pesquisadores explicam que o planeta está passando por um período com tendências de aquecimento a longo prazo, e que 2016 registrou o ápice dessa análise – que é feita desde 1880. Vale destacar que a maior parte do aquecimento global ocorreu nos últimos 35 anos, com 16 dos 17 anos mais quentes sendo registrados de 2001 para cá.

Para explicar os números assustadores, os cientistas apontam o aumento do nível dos oceanos e temperatura da água, diminuição da camada de gelo global, além de eventos climáticos que provocaram grandes impactos na temperatura, como o caso do fenômeno El Niño, por exemplo. Os problemas com a baixa camada de gelo no Polo Norte e na Antártida foram também lembrados por seus recordes negativos.

Os especialistas alertam ainda que o clima mundial entrou em “território desconhecido”, uma vez que os modelos de análise desenvolvidos nas últimas décadas para examinar o comportamento da atmosfera não compreendem a extremidade dos últimos eventos enfrentados pelo planeta.

Os dados do documento ressaltam a importância da contribuição das nações e seus respectivos governantes na criação de novas políticas climáticas e reeducação de hábitos de consumo das pessoas. Através destas e de outras iniciativas, os especialistas acreditam que é possível amenizar os avanços do aquecimento global.

Fonte: Pensamento Verde

Veja também

Resíduos de cemitério precisam de tratamento e destinação final24/09/19 A tradição de enterrar pessoas mortas começou 60.000 a.c. e os cemitérios surgiram a partir das primeiras noções de higiene pública, inicialmente instalados ao lado de igrejas. Devido ao risco de contaminação e com o surgimento das leis ambientais, os sepultamentos foram proibidos nas cidades, porém muitos cemitérios acabaram incorporados......
Cartilha online oferece dicas para compostagem de lixo26/06/17Ministério do Meio Ambiente pretende incentivar a prática para o descarte e aproveitamento dos resíduos sólidos. Para incentivar a compostagem de lixo orgânico, o Ministério do Meio Ambiente lançou uma cartilha online que traz informações sobre a forma correta de descarte. Isso porque esses resíduos representam metade do lixo......
Extinção das abelhas é uma ameaça também a nós24/05/17 Reza a lenda que Albert Einstein disse certa vez que "se as abelhas morrerem, os humanos morrerão em seguida nos próximos anos". Certo ou errado, o fato é que a diminuição considerável da......

Voltar para Blog