Página inicial / Blog / Parceria pelo Meio Ambiente
08 de abril, 2020 / 04h05 Por Redação

Parceria pelo Meio Ambiente

Parceria do Grupo Servioeste com a Prefeitura de Pescaria Brava

Parceria pelo Meio Ambiente

Parceria do Grupo Servioeste com a Prefeitura de Pescaria Brava (SC) permitiu o tratamento adequado de meia tonelada de fármacos em um ano.

Ecopontos instalados nas quatro unidades de saúde do município e um na farmácia central, e o trabalho de conscientização sobre os perigos do uso de medicamentos vencidos, possibilitam a gestão correta dos resíduos.

O Programa Logística Reversa para Medicamentos, voltado a órgãos públicos e prefeituras, disponibiliza ecopontos em locais estratégicos para recebimento de remédios vencidos ou inutilizados que, posteriormente, receberão tratamento de acordo com as leis vigentes.

Para o Secretário de Saúde de Pescaria Brava Luiz Henrique Souza, o projeto tem adesão da população urbana e rural. “Retirar medicamentos vencidos das casas das pessoas, encaminhando para o destino correto é importante tanto para a saúde pública quanto para o meio ambiente”, complementa o secretário. 

Além de uma questão de saúde, o descarte inadequado de fármacos é um problema ambiental em virtude dos resíduos oriundos destes produtos. “O descarte incorreto, como no vaso sanitário, lixo comum ou em aterros, por exemplo, prejudica a população pois esses resíduos acabam contaminando o lençol freático”, explica Jeferson Balbinot, gestor ambiental e Diretor do Grupo Servioeste, Unidade Pescaria Brava.

Estudos apontam que no mundo todo tem sido identificada a presença de fármacos, tanto nas águas, como no solo, devido ao descarte indevido de medicamentos. O descarte no lixo comum ou lixões, proibido pela Anvisa e Conama, pode causar sérios danos a quem fizer uso destes medicamentos, como reações adversas, intoxicações. A crescente resistência a antibióticos, distúrbios hormonais e metabólicos podem estar relacionados aos erros no descarte de medicamentos, daí a importância da gestão correta dos medicamentos. 

“As concentrações de antibióticos em alguns rios do mundo excedem os níveis “seguros” em até 300 vezes. Os antibióticos são apenas um entre uma variedade de produtos farmacêuticos, produtos de higiene pessoal e outros contaminantes ambientais cada vez mais presentes nas águas residuais e nos lixões do mundo”, afirma a Organização Mundial da Saúde (ONU).

A Resolução 222/2018 da Anvisa estabelece que todo gerador de Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) deve elaborar Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS), com ações que contemplem aspectos referentes à geração, segregação, acondicionamento, coleta, armazenamento, transporte, tratamento e disposição final, bem como as ações de proteção à saúde pública e ao meio ambiente. A Resolução do Conama 358/2005 dispõe sobre tratamento e disposição final dos Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) pela ótica da preservação dos recursos naturais e do meio ambiente.

O Grupo Servioeste oferece produtos e serviços para que sua instituição cumpra a legislação e preserve a saúde do planeta. Certifique-se de que seu município segue todas as normativas.


Envio

Nossos Produtos

Bombona para acondicionamento de resíduos

Tamanhos: 50, 200 litros

R$ 138,00

Bombona para resíduos líquidos

Tamanhos: 20, 50 litros

R$ 45,00

Coletor para perfurocortantes amarelo

Tamanhos: 3, 7, 13, 20 litros

R$ 82,00

Coletor para Perfurocortantes para químicos

Tamanhos: 7, 13 litros

R$ 15,50